Presidente Bolsonaro critica ato de governadores sobre serviços essenciais

Presidente Bolsonaro critica ato de governadores sobre serviços essenciais.

O Presidente Jair Messias Bolsonaro criticou governadores que anunciaram a decisão de não cumprir o decreto que classificou os serviços de academias, salões de beleza e barbearias como essenciais durante a pandemia de coronavírus.

A declaração de Bolsonaro foi dada nesta terça-feira (12/05/2020), através de sua conta oficial no Twitter.

Nas redes sociais, o chefe do executivo comentou a situação e esclareceu que o objetivo do decreto é “atender milhões de profissionais, a maioria humildes, que desejam voltar ao trabalho e levar saúde e renda à população”.

Entretanto, Bolsonaro lembrou ainda que “afrontar o estado democrático de direito é o pior caminho, aflora o indesejável autoritarismo no Brasil”.

Nesta última segunda-feira (11/05/2020), os serviços foram incluídos por Bolsonaro na categoria de essenciais.

Jair Bolsonaro, ao decidir pela medida, considerou tratar de serviços de higiene e que empregam mais de 1 milhão de pessoas no país.

No entanto, defendeu novamente que é preciso tratar o vírus ao lado da questão do desemprego.

Veja Mais Notícias no Site Welesson Oliveira e WOL Notícias

Volte à Pagina Inicial do Site Brasil Contra Corrupção

Presidente Bolsonaro critica ato de governadores sobre serviços essenciais

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…