Internacional

Jair Messias Bolsonaro

Últimas Notícias

Política

Juíza condena Vale a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador que morreu em Brumadinho

Juíza condena Vale a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador que morreu em Brumadinho

A juíza titular da 5ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho de Betim (MG), Viviane Célia Ferreira Ramos Correa, condenou a mineradora Vale a pagar indenização de R$ 1 milhão por danos morais por cada trabalhador morto no rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

A indenização que abrange os trabalhadores diretos da mineradora vitimados pelo acidente, será destinados aos espólios e herdeiros. O derramamento de rejeitos de minério em 25 de janeiro de 2019 causou a morte de 270 pessoas, das quais 137 pessoas seriam funcionários direto da mineradora, segundo autores do processo, num total de 137 milhões de reais.

Na ação impetrada, o Sindicato Metabase Brumadinho alegou que os pagamentos de indenizações, até então, eram destinados a reparar o dano moral sofrido pelos familiares das vítimas, como país, filhos, esposas e irmãos. Na decisão desta quarta-feira (09) mira o dano moral sofrido pela própria vítima fatal, por ter sua vida abreviada.

No processo, a Vale requereu, no mérito, a improcedência da ação. A mineradora alegou, entre outros pontos, a ilegitimidade do sindicato como autor ao representar trabalhadores já falecidos, além de questionar o cabimento de “ação civil pública ou coletiva em face de direitos individuais heterogêneos”.

Fonte: https://gazetabrasil.com.br/

Continue acompanhando aqui em nosso site as notícias mais relevantes do seu dia a dia. Notícias do Brasil e do mundo, com responsabilidade e credibilidade.

Volte à Página Inicial do Site Brasil Contra Corrupção

Veja Mais Notícia no site Welesson Oliveira e WOL Notícias

Juíza condena Vale a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador que morreu em Brumadinho

Juíza condena Vale a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador que morreu em Brumadinho
Juíza condena Vale a pagar R$ 1 milhão por cada trabalhador que morreu em Brumadinho

Entretanto… No entanto… De acordo com o… Ainda de acordo com… Mesmo que… Por outro Lado… Além disso… Mesmo porque… Aliás… Afinal… Ademais… Anteriormente… Assim… Contudo… Embora… Enquanto… Então… Entretanto… Outrossim… Pois… Por enquanto… Por enquanto…

error: Content is protected !!